domingo, 27 de dezembro de 2009

Selo: Este blog é super fofo!!


Recebi este selo da minha filha Louise, selo criado por ela,
do Blog da Louise, para o blog Filosofar é Preciso!!!

As regras são:

1- Dizer 2 coisas fofas:
Veja as coisas fofas.... elas falam por si(veja abaixo de todas as regras).
2 - Indicar 3 pessoas ou blogs:
Em@ do Blog
Em@ preto e branco ou a cores
Ana Lúcia do Blog Entre um Café e um Bate Papo... By Ana Lúcia Porto
Prof. Sérgio do Blog Histórico-filosóficos
E a um amigo especial Miguel Loureiro
3 - Comentar nos blogs dos indicados.


Vejam as coisas fofas.... doa 1ª regra:


4 comentários:

Miguel Loureiro disse...

Marise
Ou estou de ressaca, ou não entendi, embora gostasse de entrar na brincadeira.
Explica-me ou faz um desenho.
Já fui ao Café e ao Histórico e não vi nada. Na Ema também não.
O melhor é eu deixar aqui as 2 coisas fofas, que são naturalmente os teus filhos.

Em@ disse...

Ahahahah Miguel!
De ressaca estou eu e não bebi.:P Mas vi-me grega com o último post do Paulo, por causa dos vídeos sap,o que volta e meia fogem eheheheh. Por isso ainda não viste nada no meu blog.
Abraço para ti.

Em@ disse...

Marise, querida, muito obrigada pela fofura. Um beijinho tambem à Louise.
Vou colocar o selo já na barra lateral, mas post só faço amanhã, para dara tempo a lerem o do Paulo Condado.
Beijinho

Nota: Diga a Louise para ler e ver os vídeos do Paulo, se faz favor,porque nos dá a todos uma grande lição de vida!

Beijo goooordo :)))

Sonia Schmorantz disse...

Receita de ano novo 
de Carlos Drumond de Andrade
 

Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 
 

Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumidas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 
 

Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.

Que em 2010 Deus o abençôe com saúde, paz, muito amor e um bom trabalho!
abraço

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin